Telefone: 91 678 72 87
 

ValeDivino

 

«Daqui a alguns anos estará mais arrependido pelas coisas que não fez do que pelas que fez. Solte as amarras! Afaste-se do porto seguro! Agarre o vento nas suas velas!

Explore! Sonhe! Descubra!»
— Mark Twain

Este pensamento expresso pelo escritor Mark Twain reflecte na perfeição a essência deste projecto. Na realidade, quando três amigos, com experiências profissionais de áreas distintas, se juntaram para criar o ValeDiVino, foram impulsionados, primeiramente, pela paixão pelo vinho, depois pela vontade de descobrir, pela aventura, pela concretização de um sonho.

Durante muitos anos, Paulo Matos, engenheiro Informático de profissão, alimentou secretamente a paixão de um dia vir a estar ligado à actividade de produção de vinho.

O vinho sempre foi uma paixão e o seu processo de produção, profundamente ligado à natureza, enquadrava-se na perfeição na sua filosofia de vida.

Estava longe de imaginar que a concretização do sonho seria mais cedo do que esperava quando, em 2011, foi abordado por um familiar (proprietário de vinhas na região do Dão) que lhe propôs explorar e gerir as suas vinhas e assim dar continuidade ao seu projecto inicial, uma vez que as forças já lhe faltavam.

O desafio era tentador, mas a decisão de mudança era difícil. A sua actividade profissional atravessava uma fase de grande desgaste e, numa decisão radical, Paulo assumiu deixar para trás muitos anos dedicados à Informática e abraçar em exclusivo este desafio.

Chamou outros dois amigos que partilhavam também esta paixão. Sampo Kellomaki (finlandês, proprietário de uma empresa de tecnologia com presença em 3 países) e João Pedrosa que durante muitos anos liderou a equipa de copydesks do semanário Expresso. Constituíram a empresa HerançaLunar e lançaram mãos à obra.

O início foi um misto de dificuldade e prazer. Por um lado, este mundo novo apresentava um enorme desafio, porque havia consciência de que para atingir o sucesso numa actividade de grande competitividade e crescimento seria fundamental adquirir as competências técnicas necessárias (viticultura e enologia), motivando-o a regressar à Universidade e, por outro, o projecto teria de ser executado na perfeição. Por fim, a descoberta sucessiva de um mundo ainda mais fascinante do que aquele que imaginava retornava uma sensação de prazer profundo.

Em 2012, aproximava-se a primeira vindima, mas existia um problema de grande importância - faltavam instalações para vinificar. Através de um amigo comum, conheceu o Eng.º Nuno Cancela de Abreu e com ele foi estabelecida uma parceria estratégica para utilização da sua adega, em Mortágua, bem como do seu conhecimento para dar apoio técnico na componente de enologia, sendo assim iniciada nesse ano a produção dos vinhos ValeDiVino.

Em Junho de 2014, a sociedade HerançaLunar sofreu uma reestruturação na componente societária, com vista à consolidação e crescimento do próprio projecto, saindo então da empresa Sampo Kellomaki, e entrando José Rodrigues e António Bilrero, mantendo-se os outros 2 sócios fundadores, Paulo Matos e João Pedrosa.

Nos dias de hoje, a empresa assinala a distribuição dos vinhos em alguns prestigiados restaurantes em Portugal, tendo iniciado já experiências em países como Angola, Dinamarca, Alemanha, entre outros.